Tapira Teen - A Revista Digital de Tapira
Publicado em: 16/06/2013
Tapira empata primeiro jogo da final do Ruralão
Untitled Document

A 22ª Edição do mais importante torneio do homem do campo, campeão sai no segundo jogo. Primeiro jogo da grande final do Ruralão em sua 22ª Edição aconteceu neste domingo (16-06) estádio Fausto Alvim, e deu empate 2 x 2. Os finalistas, duas equipes invictas na competição, e se acontecer novo empate no jogo de volta, teremos um campeão nos pênaltis, invicto e um vice campeão também invicto, coisas do futebol.

Com maior posse de bola, a equipe da Tapira saiu na frente do marcador com jogada de bola parada. Falta pelo lado esquerdo do ataque, cobrança de Patrick, o goleiro Rodrigo se enrolou com a defesa e no bate e rebate, Sargento tocou sutilmente no cantinho, lado esquerdo do goleiro do Córrego da Mata, abrindo o marcador, aos 12 minutos.

Mesmo sem achar um melhor caminho no jogo, Córrego da Mata chegou ao empate com o lateral Cristiano, ele arrancou pelo lado esquerdo, lado da arquibancada coberta, chutou cruzado, o goleiro Dida indeciso na jogada, achando que Alvim chegaria para a conclusão da jogada, viu a bola morrer no cantinho esquerdo 1 a 1 aos 27 minutos.

Melhor em campo, Tapira volta de novo a ter vantagem no marcador. Nova cobrança de falta pelo lado esquerdo, a defesa do Córrego da Mata se enrola e Barroso mesmo sem sair do chão de cabeça marca o segundo gol aos 32 minutos.

Na volta para o segundo tempo, treinador Leopoldo do Córrego da Mata deu uma arrumada no time com as substituições, o mesmo não aconteceu com Tapira, as mudanças não foram pontuais.

O gol de empate do Córrego da Mata só aconteceu aos 39 minutos. Lançamento para Julinho, entre zagueiro Alexandre e o goleiro Dida, deixou os dois para traz e de perna esquerda chutou no meio gol, marcando um golaço, deixando tudo igual 2 x 2.

O campeão do Ruralão, 2013, 22ª Edição, será decidido no próximo domingo (23-06), estádio Fausto Alvim, ás 10h30.

TAPIRA: Dida, Bruno, Alexandre, Sargento e Daniel (Juninho) – Serginho, Barroso, Lucinho (Chiquinho) e Café (Otávio) – Patrick e Iguana, treinador Gutti.

CÓRREGO DA MATA: Rodrigo, Renê (Julinho), Josi, Juninho Escova e Cristiano (Leo) – Marcelo Tormim, Grilo (Buiu), Edmilson (Pinguim) e Rildo Angolano – Thiago Badete (Leo) e Alvim, treinador Leopoldo.

Fonte: Equipe Positiva

Untitled Document
Mais notícias sobre Esportes
Untitled Document